MICARETA 2018

Baixa Grande, Orgulho Nosso

Seguir Roque da Mota

OBRIGADO!,VOCÊ É O VISITANTE Nº

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Procurador pede prisão de Geraldo Alckmin e Naji Nahas por crimes no Pinheirinho






O procurador do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe afirma que o governador Geraldo Alckmin, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, e Naji Nahas devem ser presos pelos crimes cometidos contra a humanidade no Pinheirinho, em São José dos Campos, interior de São Paulo


Durante quinze dias, o jurista Márcio Sotero se debruçou na documentação da área do Pinheirinho, onde foram expulsas pela tropa de choque da Polícia Militar, no dia 22 de janeiro, milhares de pessoas pobres.

A reintegração de posse foi requerida pela massa falida da Selecta, empresa do especulador Naji Nahas. Ao pesquisar toda a papelada do processo de falência o procurado do Estado fez algumas descobertas até agora não divulgadas por autoridades que tinham este conhecimento.

Márcio Sotero Felipe também é professor de Filosofia do Direito da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo e exerceu o cargo de Procurador Geral do Estado na gestão Mário Covas.

Dr. Márcio, o que que o senhor constatou na sua pesquisa sobre a massa falida da Selecta?
M.S.F.: Constatei algumas ações que a sociedade deve saber, que as pessoas devem entender. A massa falida da Selecta a rigor hoje não é mais massa falida. Todos os créditos que eles tinham contra a massa falida já foram pagos ou satisfeitos. De que modo foram pagos ou satisfeitos? O que eu sei, pelo processo de falência, é que a própria falida, o próprio Naji Nahas comprou estes créditos. Não existem empregados para receber créditos trabalhistas. Não existe qualquer contrato privado pra ser destinado. Existem dívidas tributárias do município e da União. As dívidas tributárias, elas independem da falência, elas podem ser cobradas a parte. A falência está materialmente finda, de tal modo que existe um despacho de um juiz da falência de cinco anos atrás dizendo literalmente o seguinte a falência está finda e todo o numerário arrecadado será destinado à falida. Não à massa falida, que é outro conceito. À falida. Quem é a falida? É a empresa do senhor Naji Nahas. Ou seja, por que que isto é importante ressaltar? Porque tudo que aconteceu no Pinheirinho, toda esta tragédia, ela resulta no seguinte: beneficia apenas o maior especulador do País, um dos maiores escroques deste País que é o senhor Naji Nahas. Então a pergunta que eu quero fazer é a seguinte: O que que a máquina do Estado de São Paulo, o executivo pela Polícia Militar, o presidente do Tribunal de Justiça, que se empenhou violentamente pra isso? Por que que toda esta máquina foi movimentada pra beneficiar o falida Naji Nahas? E apenas o falido Naji Nahas. Nenhum crédito trabalhista. Nenhum credor de contrato privado. Nada! O único beneficiário desta ação é o senhor Naji Nahas. Eu quero apenas entender. Eu quero apenas fazer esta pergunta ao senhor Governador e ao Presidente do Tribunal de Justiça: Por que esta ação foi realizada desta forma? Por que ação deste porte, que beneficia apenas o senhor Naji Nahas, foi realizada violentando, brutalizando, desgraçando a vida de seis mil pessoas?


Gostaria que o senhor explicasse qual que é também a participação do síndico da massa falida? Por que ele estava presente na tentativa de acordo, pra dar quinze dias, pra não ocorrer a reintegração de posse juntamente com o juiz Luiz Beetwoven Giffoni Ferreira. E o síndico da massa falida estava presente. Então, qual seria o papel deste síndico também já que não existe praticamente a massa falida?

M.S.F.: Olha, isto tudo foge da rotina. Isto tudo foge do padrão de operação de um processo de falência. Na medida em que o síndico da massa falida, que é uma pessoa que não tem relação com a falida, ele é (pode ser) um dos credores, ou alguém nomeado livremente pelo juiz. Mas ele é o representante da massa falida, ele é quem postula pela massa falida, e não o falido que perdeu a capacidade de gerir os seus negócios. Então, ele fez um acordo, ele representa a massa falida, o acordo foi homologado. Por uma razão misteriosa, que ninguém consegue entender, o acordo é esquecido. E dois mil policiais militares fazem esta operação extraordinariamente violenta. Ou seja, há uma série de irregularidades. Eu não vou nem me estender nas irregularidades jurídicas. Havia uma determinação da justiça federal, mil coisas que caracterizam completa ilegalidade disso. No que espanta é que uma certa natureza, uma decisão judicial incondicional, com problemas processuais, em que a única pessoa que representava a massa falida, que era o síndico, tinha concordado com a desocupação (sic: decisão). Não haveria possibilidade de outra decisão. Espanta aqui que a coisa toda tenha acontecido.


Tinha concordado em dar quinze dias, não é isto?

M.S.F.: Havia um acordo em que a massa falida, o síndico da massa falida, concordava com o adiamento da desocupação por quinze dias. E este acordo foi feito na quinta feira, antes de domingo, 22 de janeiro, e no domingo, não obstante o acordo, foi feita a operação.


Este juiz que tava fazendo esta intermediação com os deputados, parlamentares, e também com o advogado e síndico da massa falida, o juiz Luiz Betwooven Giffori Ferreira, este juiz já sabia que não existia a massa falida, não é isto?

M.S.F.: Já sabia. Formalmente há ainda um processo de falência. Formalmente há ainda uma massa falida. Mas eu tenho um despacho, e isto está digitalizado em meu computador, tenho um despacho de cinco anos atrás do juiz Betwooven, Dr. Betwooven, dizendo: todos os credores da falida estão pagos, portanto tudo que for arrecadado, veja, é sim em favor da falida. Ou seja, reverte-se em favor, explicamos, reverte-se em favor do senhor Naji Nahas.


Agora com qual interesse, Dr. Márcio?

M.S.F.: Olha, Marilu, eu não tenho a resposta pra isto. Eu tenho só a minha perplexidade. Eu não vou ser leviano, inconsequente, irresponsável de fazer acusação a altas autoridades. Mas eu como cidadão tenho o direito de fazer uma pergunta. Apenas uma pergunta. Por que o senhor Governador lança a PM com aquela violência extraordinária? Por que o presidente do tribunal de justiça se empenha pessoalmente a ponto de mandar o seu principal assessor pra lá, pra uma ação com esta brutalidade, com esta selvageria, pra favorecer um único escroque? chamado Naji Nahas. É só isso que estas pessoas precisam responder para o povo do Estado de São Paulo. Eu não estou fazendo acusação nenhuma. Eu quero saber por que que a PM vai trabalhar pra Naji Nahas? Por que que presidente do Tribunal de Justiça se empenha desta maneira pra beneficiar o senhor Naji Nahas?


É como o senhor falou, se ainda existessem funcionários, empregados precisando receber os salários. Seria diferente.

M.S.F.: Perfeitamente, houve uma desinformação muito grande, Marilu. A secretária de justiça deu uma entrevista para O Estado de São Paulo, alguns dias depois dos fatos, dizendo:

– Ah, existem créditos trabalhistas que têm que ser respeitados.

Não existem! Não existem créditos trabalhistas. Não existe nenhum empregado miserável passando fome pra receber dinheiro da massa falida. Não existe nenhum credor que vendeu alguma coisa em algum momento que tenha um crédito contra a Selecta pra ser ressarcido. Não existe ninguém. É isso que eu quero ressaltar. Mentira, não é pra pagar crédito trabalhistas, não é pra pagar ninguém. Tudo isto que foi feito só tem um beneficiário, o senhor Naji Nahas.


Que inclusive é impedido de entrar em vários países, não é Dr. Márcio?

M.S.F.: Olha Marilu eu acho o seguinte, sabe? Eu acho que o que aconteceu em Pinheirinho, eu vou mais adiante do que o que você está falando. O que aconteceu no Pinheirinho é crime contra a humanidade. Crime contra a humanidade, segundo o Direito Penal Internacional, Estatuto de Roma, deve ser julgado no Tribunal Penal Internacional. Eu não vejo nenhuma diferença disto que aconteceu ao que fazia um Milesovic. Que é um réu do Tribunal Penal Internacional. Ou não é crime contra a humanidade, às cinco horas da madrugada, invadir, uma força policial armada, helicópteros, uma área onde residiam seis mil pessoas. Simplesmente jogadas no nada. Crianças. Velhos. Doentes. Seis mil pessoas. Se isto não é crime contra a humanidade. O que é crime contra a humanidade? Então, é crime contra a humanidade. Sabe o que eu acho, Marilu?


Sim?

M.S.F.: O senhor Alckmim, o senhor Naji Nahas, e o presidente do Tribunal de Justiça. Pelo princípio da jurisdição universal, eles têm que ser presos em qualquer aeroporto do mundo em que puserem os pés. É isto o Júlio (sic: Baltasar) Garzon fez, por exemplo. Julio (sic. Baltasar) Gárzon que foi punido agora injustamente, lamentavelmente. Pinochet estava em Londres, ele expediu um mandato de prisão contra Pinochet. O Tribunal Penal Internacional tem que expedir um mandato de prisão contra estas pessoas. Contra as autoridades responsáveis por este ato.


Dr. Márcio, mesmo que tivessem problemas trabalhistas, indenizações a serem pagas, mesmo assim, não se justificaria, não é mesmo, este tipo de reintegração?

M.S.F.: Não se justificaria. Absolutamente não. Você lembrou muito bem um aspecto. Em primeiro lugar, é inconstitucional. Por que que é inconstitucional? Porque existe, pela nossa Constituição, uma hierarquia de princípios. O primeiro princípio, que é fundamento da república, isto não é uma questão retórica, é um fundamento da República. Ou seja, tudo que se faz na estrutura jurídica e institucional do País deve está em função disto. Qual é este princípio? O princípio da dignidade humana. Embora existam outros princípios. O princípio da propriedade privada. A Constituição também protege. Nós temos uma Constituição pro sistema capitalista. Nossa estrutura social é capitalista. A propriedade privada é protegida. Mas nós temos uma Constituição social. Então, a propriedade tem que ter uma função social. S seis mil pessoas que estavam lá, estavam dando função social à propriedade. Segunda coisa, o princípio da dignidade humana prevalece sobre o princípio da defesa da propriedade privada. Então, estes dois aspectos fulminam, sem qualquer sombra de dúvida, a decisão da juíza de São José dos Campos. Ela é inconstitucional. Ela não é abrigada pelo nosso ordenamento jurídico. Então, muito bem lembrado, Marilu, podia ter credor trabalhista, podia ter outra espécie de credor. Seis mil pessoas não podem ser jogadas na miséria, colocadas no nada, de uma hora para outra, pra defender um, ou pra garantir um suposto, porque também há dúvidas, direito de propriedade do senhor Naji Nanas.


Exato, mesmo porque houve casos semelhantes que foram decididos de forma diferente, NE?

Márcio Sotelo.: Sim. Há muitos casos. Muitos casos. O desembargador hoje aposentado tem uma decisão clássica sobre isto. Um caso semelhante. Muito menos grave do que este. Uma área que havia pessoas residindo, que ele diz, uma decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, o mesmo Tribunal de Justiça de São Paulo, em que ele diz que o princípio da moradia digna, da dignidade humana prevalece sobre o da propriedade. Então, nega a reintegração de posse. Nega a desocupação das pessoas. Então, esta é a decisão constitucional.

Muito obrigada pela entrevista, ao Dr. Márcio. Um grande abraço pro senhor.

Márcio Sotelo.: Outro pra você, também. Obrigado.

Fonte: Pragmatismo Político

Lula ganha estátua em Bronze ao lado da Casa Branca






Estátua de bronze de Lula foi instalada no National Mall, parque ao lado da Casa Branca, em Washington. Junto ao ex-presidente estão figuras ilustres como Abraham Lincoln, Simon Bolívar o recém-falecido Gabriel García Márquez

Uma estátua em bronze de Lula foi instalada no National Mall, parque ao lado da Casa Branca, local onde são homenageados os ex-presidentes do país, em Washington. Junto ao ex-presidente estão figuras ilustres como o presidente assassinado dos EUA, Abraham Lincoln, o o líder político das guerras de independência da América Espanhola, Simon Bolívar e até o recém-falecido escritor Gabriel García Márquez. A escultura faz parte da exposição “A América nos olhos de Yuan Xikun”, que faz referência aos “dez grandes homens das Américas”.
O escultor das obras que suas criações “homenageiam quem extraordinariamente contribuiu para os povos das Américas”.
Yuan Xikun é reconhecido internacionalmente por sua habilidade em retratar figuras políticas de destaque.
De acordo com a assessoria do Instituto Lula, o ex-presidente foi convidado para participar da inauguração, mas não pôde comparecer porque tinha compromissos agendados que não poderiam ser remarcados.
Lula é o primeiro presidente brasileiro a ter uma estátua em exposição na capital dos EUA.
estátua bronze lula eua
estátua lula eua
informações de Revista Istoé

POR UMA REFORMA POLÍTICA COM PARTICIPAÇÃO DO POVO!









Nos mobilizamos para evitar que o Brasil caísse nas mãos de reacionários e pela continuidade do projeto de Justiça Social em andamento.

Contudo, a LUTA se dará em outro campo agora, que exige muitas mudanças, por uma sociedade mais justa, com avanços.

Vamos lá, novamente, para que a nossa força faça valer a nossa dignidade.

INFORMEM-SE - COMPARTILHEM - PARTICIPEM



#ReformaPolíticaJa!


Dilma No Youtube

Para OAB, plebiscito é o melhor caminho para reforma política








Entidade explica que pelo referendo, cogitado esta semana, o Congresso vota a lei e os eleitores são convocados para dizer se são a favor ou contra. No plebiscito, os eleitores são consultados previamente

Congresso
Congresso impõe resistência à proposta de plebiscito que dependerá de mobilização popular para avançar
Brasília – O advogado Aldo Arantes, da comissão especial para a reforma política, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em entrevista dada hoje (31) à Rádio Brasil Atual, afirma que o plebiscito é a melhor forma de consulta popular por acreditar que é mais ampla e que a população está preparada para tanto. Ainda que a presidenta Dilma Rousseff, ao ser questionada nesta semana, admita a possibilidade de um referendo, a entidade ressalta que esse não é o melhor caminho.
No referendo, o Congresso discute e vota uma lei e, somente então, os eleitores são convocados para dizer se são a favor ou contra o que foi aprovado pelos parlamentares. Já no plebiscito, o modelo defendido pela presidenta Dilma original e prioritariamente, os eleitores são consultados previamente sobre cada um dos pontos para a construção da nova lei. O resultado é encaminhado para o Congresso discutir, votar e aprovar, mas de acordo com a preferência do eleitor.
Arantes cita um dos pontos a ser abordados no plebiscito como exemplo: "Perguntar para a sociedade se ela quer ou não o financiamento de campanha, tenho certeza que um simples trabalhador vai ter opinião sobre isso". Ele ressalva: "A discussão, neste momento, não deve se centrar na forma de aprovação da reforma, mas, sim, no conteúdo”.
O integrante da comissão para a reforma política cobra mais participação da população, além das assinaturas que continuam sendo colhidas, e dos mais de 7 milhões de votos apresentados pelo plebiscito popular, e sugere o movimento "Diretas Já" como inspiração: "Considero que devemos desenvolver um amplo movimento na opinião pública, transformar isso em algo semelhante às ‘Diretas’, acima de partidos, de organizações, uma bandeira do povo brasileiro. Para que o Congresso possa ter mais sensibilidade para o que o povo está querendo."
Murilo de Aragão, também advogado e doutor em Sociologia da Universidade de Brasília (UnB), que lança livro sobre o tema, defende que "o caminho para se fazer a reforma política, em um primeiro momento, seria um pacto republicano, liderado pelos três poderes e pela sociedade civil, pelas centrais, pela OAB, CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil)". Ele destaca que é preciso dar força à ideia de plebiscito, defendida pela presidenta, já que a mesma enfrenta resistência de setores do Congresso.
EFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO

Declaração de Sheilla compromete participação na seleção brasileira de voleibol






Sheilla Castro, jogadora da seleção brasileira de voleibol feminino, fez uma declaração, no mínimo, polêmica e que repercutiu nas redes sociais após a divulgação do resultado do 2º turno da eleição presidencial entre Aécio Neves e Dilma Rousseff, no último domingo, 26 de outubro de 2014.
Sheilla, que atualmente, na temporada 2014/2015, joga pela equipe do Vakif Bank/Stambul da Turquia, postou o seguinte em seu perfil no Twitter (ver aqui), conhecida rede social:
Com todo o respeito a quem pensa em sentido contrário, ela é uma atleta que representa o Brasil em competições internacionais e não poderia ter sido mais infeliz em sua declaração. Penso que o que ela escreveu, caso não haja a devida e exigida retratação, é motivo mais do que suficiente para ser banida para sempre da seleção brasileira de voleibol feminino. E a retratação está longe de acontecer, pois Sheilla até hoje manteve o que escreveu em seu perfil no Twitter, post que conta atualmente com 1398 retweets e 1535 curtidas.  Uma declaração dessa é completamente incompatível com a condição de atleta que veste a camisa da seleção brasileira de voleibol feminino. Não tem mais a menor condição moral de jogar pela seleção brasileira.
O comentário desairoso sobre o Brasil e também sobre Cuba é uma vergonha, inadmissível para uma atleta profissional e que inclusive joga contra Cuba nas competições internacionais. Deu a Cuba um sentido grosseiramente pejorativo, algo que ela não quer que seja repetido no Brasil, ao ponto de manter distância do país natal. Isso é muito ofensivo. É inclusive desnecessariamente ofensivo, por isso ela tem que ser punida com mais rigor, se não se retratar. Uma atleta da seleção brasileira se referir nesses termos desrespeitosos ao seu próprio país é a mais completa falta de noção mínima sobre as coisas.
A declaração, sem dúvida, é incompatível com uma atleta que representa o país. Sou favorável a que ela nunca mais seja convocada. Destilou ódio e intolerância incompatíveis para uma atleta de alto nível. Desrespeitou o Brasil e Cuba, tudo porque o candidato dela, Aécio Neves, não venceu a eleição.
A confiança que ela seria normalmente depositária enquanto atleta que representa o país ficou seriamente comprometida. O mínimo que se espera de quem representa o país é respeito, tanto pelo Brasil quanto pelos demais países, independentemente de quem esteja ocupando o cargo de presidente da república. Uma atleta brasileira que desrespeita nações e povos, inclusive o próprio país natal, não está à altura do papel. Como ela "agora" não vai voltar "mesmo pro Brasil" (sic), não poderá disputar a Olimpíada de 2016 no Rio. Simples. É o melhor a fazer, não jogar mais pelo Brasil. Ninguém lançará suspeitas quando ela errar numa partida.
O problema mais grave na declaração feita no Twitter é justamente esse, qual seja, lança suspeitas sobre o quanto ela se dedicará ao Brasil em quadra daqui em diante. Transferiu a diferença política que ela tem com o PT para o país e o povo que elegeu Dilma. Abalou seriamente a confiança. Caso não se retrate, de forma convincente, não deve mais ser convocada para jogar na seleção brasileira. Não por não votar em Dilma, frise-se. Mas sim por exibir ódio e intolerância para com o Brasil apenas porque Aécio não foi eleito. Comprometeu severamente a sua idoneidade enquanto atleta.
Ressalte-se, por fim, que quem colocou a ideologia política acima da participação esportiva foi Sheilla Castro e não o autor destas linhas. Pelo visto,  ela só se sente bem representando o Brasil se o político do PSDB no qual ela vota ou apoia estiver no poder em Brasília. Somente isso já a descredencia a jogar pela seleção brasileira, pois Aécio Neves, o candidato que ela gostaria que ganhasse a eleição, perdeu para Dilma Rousseff, reeleita, no último domingo, democraticamente pela maioria do povo brasileiro, presidenta da república pelos próximos quatro anos.
FONTE:http://jornalggn.com.br

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Baixa Grande-Shalom vence 2 e perde uma contra escolinha de Iaçú






Aconteceu na manhã deste sábado, 25 de outubro de 2014 três amistoso envolvendo a escolinha Shalom de Baixa Grande e a escolinha Vitória da cidade de Iaçú, os jogos em três categorias, Sub 12, 14 e 16. O evento foi realizado no Módulo Esportivo Reinan Araújo Batista de Baixa Grande, com muita felicidade os atletas de Baixa Grande e seus familiares receberam 47 atletas mirins da cidade de Iaçú acompanhado de alguns pais.
 
Pela categoria Sub 12, Shalom perdeu pelo placar:Shalom 1 x 3 Escolinha Vitória de Iaçú (Gols de Rafael, Luândeson e Ruan. Rafael Matos por Shalom)

Pela categoria Sub 14, Shalom venceu pelo placar:
Shalom 1 x 0 Escolinha Vitória de Iaçú (Gol de Erick)

Pela categoria Sub 16, Shalom venceu pelo placar:Shalom 3 x 0 Escolinha Vitória de Iaçú (Gols de Aldair, Gabriel fez 2)

Após as partidas foram oferecido um almoço para os atletas visitantes, a presidência e amor pela causa têm envolvido pais e comunidade, sem nenhum incentivo da prefeitura a shalom conseguiu recepcionar com todo carinho os visitantes. Apesar de a Associação ter sido aprovada na câmara de Vereadores como Utilidade Pública, a entidade passa por momento difícil e sem apoio da prefeitura, os uniformes ainda foram doados pela primeira dama da gestão anterior, sem bola pra brincar, empresário doou três para que houvesse este amistoso, durante toda manhã dos jogos ninguém da prefeitura compareceu para recepcionar os visitantes e até mesmo a água para os atletas beberam foram oferecido pelos pais dos atletas envolvido.

 
Shalom sub 12

Vitória de Iaçú Sub 12

Shalom Sub 14

Vitória de Iaçu Sub 14

Shalom Sub 16

Vitória de Iaçu Sub 16
www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

Baixa Grande - LBF divulga alterações nos próximos jogos do Campeonato Municipal



















A Liga Baixa-grandense de Futebol (LBF) divulgou nesta terça-feira, 28 de outubro de 2014 as alterações dos próximos jogos pelo Campeonato Municipal de Futebol Amador em Baixa Grande, as alterações fez-se necessário devido à suspensão das partidas do domingo, 26/10 por motivo de votação do segundo turno e será suspensa no próximo dia 09 de novembro devido a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, a finalização da primeira fase ficou na mesma data (30/11).

Para cumpri as datas previstas foram colocadas partidas pela manhã dos domingos a seguir ficando três partidas por domingo, uma pela manhã e duas as tardes.

Veja abaixo como ficaram os próximos jogos:
DATAHORAJOGOSLOCAL
02/nov09:00Recanto do MelXViraçãoRecanto do Mel
15:00LaranjeiraXBaixa Grande JrLaranjeira
MaçarandubaXShalomMaçaranduba
15/nov
09:00
Baixa Grande JrXRecanto do MelSede
13:00ShalomXSete
15:00Quadra QXTamburi
16/nov15:00Lagoa do MamãoXUmbuzeiroLagoa do Mamão
Boa VindaXNovo SítioBoa Vinda
23/nov09:00ShalomXNovo SítioSede
15:00Km-04XSão JoséKm-04
ViraçãoXQuadra QViração
30/nov09:00SeteXKm-04Jerema
15:00UmbuzeiroXLaranjeiraVitória
São JoséXBoa VindaSão 

www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

Estudantes se mobilizam nas redes sociais pedindo alteração da feira livre do próximo dia 8






Diversos estudantes de Baixa Grande estão se mobilizando nas redes sociais solicitando do Prefeito Pedro Lima Neto a mudanças da feira livre do dia 8 de novembro (Sábado) para 7 de novembro (sexta-feira), o motivo da solicitação se dá a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014.
MOTIVO
Em 2013 diversos estudante ficaram sem fazer as provas, pois como é dia de feira livre a maioria do comercio não liberam os funcionários.
Nesta edição terão 9.519.827 inscrito em todo o Brasil, as provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro de 2014, centenas de estudando estão inscritos para realizarem provas nos colégio Estadual José Ribeiro Pamponet e Colégio Nuclear.
Neste caso serão duas feiras livre alteradas de sábado para sexta, que que o dia 15 de Novembro é no sábado e a feira livre será alterada para a sexta-feira(14).
www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias se reúnem para discutir sobre o Plano de Cargo, Carreira e Remuneração






Nas manhãs dos dias 29 e 30 de outubro, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Baixa Grande – BA, com a presença dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate a Endemias, foi apresentado uma minuta sobre o Plano de Cargo, Carreira e Remuneração – PCCR das categorias. Após análises e discussões, foi criada uma comissão para acompanhar todo o processo de construção e aprovação do PCCR.
   
www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

FILHO DE CAMPOS DIZ QUE NE NÃO DEVE SE ENVERGONHAR







:

Um dos filhos do ex-governador de Pernambuco Eduardo
 Campos, Pedro Campos utilizou a sua conta pessoal no Instagram para dizer que os nordestinos não devem se envergonhar por terem ajudado a reeleger a presidente Dilma Rousseff, a quem desejou boa sorte em seu segundo mandato; "Torcemos para que Dilma mude mais e faça um governo novo com idéias novas. 

Quanto ao Nordeste e a Pernambuco não vamos nunca ter vergonha, nosso povo só mostrou mais uma vez que é livre e, acima de tudo, é grato", postou"A gratidão elegeu
 Paulo por tudo que meu pai fez por esse estado,

 e agora a gratidão ao Presidente Lula, que virou o 

Brasil de frente para o Nordeste, levou à vitória de

 Dilma. O tempo dirá se a escolha foi certa, só

sabemos hoje que ela é soberana e representa a

vontade do povo brasileiro", completou.



O PSB, assim como a família Campos, apoiou a
 candidatura de Aécio Neves (PSDB) no segundo turno
 da disputa presidencial.

Pernambuco 247

Baixa Grande - Análise de votação por urnas e localidade







O Portal Bacia do Jacuípe fez cálculos de todos os locais de votação no segundo turno das eleições presidencial que ocorreu neste domingo, 26 de outubro de 2014, nesta reportagem separamos a totalização dos 14 locais de votação e calculamos o total e porcentagem de votos para cada candidatos, a candidata reeleita Dilma Rousseff (PT) obteve 59,64% dos voto, ficando 40,35% para o senador Aécio Neves (PSDB). Veja os detalhes abaixo
VOTOS DA SEDE

Escola Adenias Rodrigues

Colégio José Ribeiro

Escola Lídia Peixoto

Escola Mari Edna

Colégio Nuclear

Esc. Plínio Tude
VOTOS NA ZONA RURAL

Pov. de Italegre

Povoado de Mandacaru

Pov. Lagoa do Mamão

Pov. Novo Sítio

Pov. Tabuleiro

Pov. Viração
 
Esc. Hostilo Pamponet
 
DETALHES DE VOTAÇÃO POR URNAS
        ----      
ESCOLA PROFESSOR ADENIAS RODRIGUES DA SILVA
SeçãoAptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
96268189791057248
972651966910768417
982662135310196511
99264201631118145
100265194719874715
10126619571978729
102263178858281411
1092621927011168310
110231173589468110
144229164651025615
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS25791895684100875135101
        
POVOADO DE ITALEGRE (VOTAÇÃO DAS DUAS ESCOLAS)
114172125476642512
14217212745784135
1123822421401379609
1133852551301608438
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS11117493624412631134
        
COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ RIBEIRO PAMPONET
1112931979610973411
120294198961127916
1212922177511879515
122293205881207735
1232932138012178212
1242932029110087312
125293210831158645
126292202901078429
1272942009410077518
146294207871237527
14729319499988439
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS32242245979122387934109
        
ESCOLA HOSTÍLIO PAMPONET (JUNCO)
13316510956723043
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS16510956723043
        
POVOADO DE LAGOA DO MAMÃO
13416811454644325
13516811157595020
13616811058564815
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS504335169179141510
        
ESCOLA DE I GRAU LÍDIA PEIXOTO SANTANA
11924117566897934
13224217666927536
13724417074956744
1382441895510772010
13924218161997516
140243173701026137
14124117071976715
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS169712344636814961542
        
POVOADO DE MANDACARU
104296207891296657
1152961831131176015
1162961881081176227
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS888578310363188819
        
ESCOLA PROFª MARIA EDNA MATOS
1172762215511196311
118276205711069027
1282772116612272314
1292742027210783210
130274210641257366
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS137710493285714141648
        
POVOADO DE NOVO SÍTIO
1313952681271976038
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS3952681271976038
        
COLÉGIO NUCLEAR DE BAIXA GRANDE
103836023332205
10540028511514612577
106397277120153108214
107398251147138101012
10839826513313312057
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS167611385386034761445
        
ESCOLA PLÍNIO TUDE DE SOUZA
933412479412910639
943402578313810577
95338260781529765
1553392361031408475
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS135810003585593922326
        
POVOADO DO TABULEIRO
1452861841021532515
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS2861841021532515
        
POVOADO DE VIRAÇÃO
143245171741095318
 AptoCompareceuAbstençãoDilmaAércioBrancoNulo
TOTAIS245171741095318
   -----
www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

OUÇA NOSSA RÁDIO !

MAGAZINE DAMOTTA



                                                 Magazine Damotta,sua compra segura na internet

Clique  na imagem para visita
 a nossa loja e pesquisar o que deseja


                Guitarra Strato Seizi Vision - Roxo MetálicoContrabaixo 4 Cordas Passivo Strinberg CAB 16 - Vinho


         Encordoamento de Bronze 0.09 para Violão - D´Addario EZ 890 - 85/15 Conjunto de 4 Cordas para Contrabaixo - GHS 5L CC

            Combo Amplificador para Contrabaixo com 20W RMS - Onerr Sniper 20  Transmissor sem Fio - Vokal VWR 15 G 05

                Suporte para Guitarra e Contrabaixo - Saty 4020 Piano Digital Casio CDP 120 - Preto

                        Magazine Damotta

BREVE HISTÓRIA DE BAIXA GRANDE

CLIQUE NO TÍTULO OU NA IMAGEM

Micareta de Baixa Grande-2015

Bloco- As Poderosas

O urso na Micareta de Baixa Grande

Baile à Fantasias-Micareta-2015

Bahia Campeão Baiano 2015

Santos Campeão Paulista 2015

PREPARE-SE !

Arquivo do blog

VISITE DAMOTTA NEWS

O prefeito Pedro Lima Neto, na tribuna da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (19/02).

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...