MICARETA 2018

Baixa Grande, Orgulho Nosso

Seguir Roque da Mota

OBRIGADO!,VOCÊ É O VISITANTE Nº

sábado, 30 de novembro de 2013

18 cidades podem decretar estado de emergência na Bahia, diz Defesa Civil





Representantes das cidades se reuniram com superintendência na quinta.
Municípios da região sul do estado sofrem com chuvas fortes.



Do G1 BA

Chuva na Bahia (Foto: Arte/G1)Chuva provocou estragos em Maraú e Valença
(Foto: Arte/G1)




Dezoito municípios da Bahia podem decretar estado de emergência por causa das chuvas ocorridas na região do extremo sul do estado, segundo informações do superintendente da Defesa Civil, Salvador Brito.
Em reunião realizada na noite de quinta-feira (28), representantes dos municípios foram orientados pela superintendência da Defesa Civil para elaborar relatórios adequados para análise da situação de emergência de cada cidade.
De acordo com o superintendente, a concretização para o decreto de estado de emergência dos municípios depende do relatório de cada prefeitura a respeito da situação da cidade. "Estamos fazendo uma série de visitas para continuar o processo de informação e orientação dos municípios. Felizmente não temos vítimas fatais decorrente das chuvas, mas ainda há um contingente de pessoas que está fora de casa devido à situação de risco em alguns lugares", disse Salvador Brito ao G1.
Segundo ele, a chuva ocorreu em toda a extensão do extremo sul da Bahia, ao longo de toda faixa litorânea, até Salvador. As ocorrências variam de município para município. Salvador Brito informou que, durante a reunião, os representantes das cidades foram orientados a respeito da elaboração correta do relatório para que seja decretado o estado de emergência. "Não há nenhum município com situação de emergência declarada e reconhecida ainda. Os municípios ainda estão elaborando os relatórios para decretar a situação de emergência", disse o superintendente da Defesa Civil.
Salvador Brito informou ainda que após a visita à cidade de Ituberá, onde foi realizada a reunião, ele seguirá para Itacaré, Camamu, Igrapiúna, Nilo Peçanha e Valença. O superintendente ainda disse que o trecho da BR-030, que dá acesso ao distrito de Barra Grande, cedeu por causa da chuva. O acesso ao local está sendo feito apenas por barco. "Nós temos uma rodovia federal, a BR-030, que tem um trecho não pavimentado que liga o município de Maraú a Barra Grande. A água rompeu essa estrada e o acesso via terrestre para Barra Grande está interditado. O DENIT já foi acionado a respeito dessa situação para restabelecer a pista e liberar a via", informou ao G1.
Situação de emergência
A cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, declarou estado de emergência devido às fortes chuvas que atingem o local na quinta-feira (28). A região é uma das que sofre com consequências da tempestade que assola o estado. Representantes de municípios da faixa litorânea baiana realizam uma reunião iniciada por volta das 20h sobre a situação de cada cidade.
De acordo com Salvador Brito, superintendente estadual da Defesa Civil, as prefeituras estão fazendo o levantamento dos estragos e adianta que localidades como Itacaré, Nilo Peçanha, Valença e Itaperoá estão em situação grave. "Esses locais estão com muitos problemas de alagamento, deslizamento e enxurradas. Uma rodovia estadual que dá acesso à Valença foi interditada porque o rio encheu muito. A chuva não para", afirma.
Em Ilhéus, a prefeitura informa que decretou situação de emergência para viabilizar o socorro às vítimas e adotar medidas para corrigir os problemas causados com as chuvas. Além disso, foi criada a Central de Operações no Estádio Mário Pessoa, um órgão que reúne Defesa Civil e secretarias como a de esenvolvimento Urbano (Sedur) e de Desenvolvimento Social.
Na cidade de Itabuna, também no sul da Bahia, mais de 200 pessoas estão desabrigadas. De acordo com a Defesa Civil de Itabuna, já choveu cerca 40mm na cidade e a estimativa é que chova mais 60mm ainda nesta quinta-feira. São 20 casas toalmente destruidas.Em Ilhéus, a prefeitura informa que decretou situação de emergência para viabilizar o socorro às vítimas e adotar medidas para corrigir os problemas causados com as chuvas. Além disso, foi criada a Central de Operações no Estádio Mário Pessoa, um órgão que reúne Defesa Civil e secretarias como a de esenvolvimento Urbano (Sedur) e de Desenvolvimento Social.
Reações:

0 comentários:

OUÇA NOSSA RÁDIO !

MAGAZINE DAMOTTA



                                                 Magazine Damotta,sua compra segura na internet

Clique  na imagem para visita
 a nossa loja e pesquisar o que deseja


                Guitarra Strato Seizi Vision - Roxo MetálicoContrabaixo 4 Cordas Passivo Strinberg CAB 16 - Vinho


         Encordoamento de Bronze 0.09 para Violão - D´Addario EZ 890 - 85/15 Conjunto de 4 Cordas para Contrabaixo - GHS 5L CC

            Combo Amplificador para Contrabaixo com 20W RMS - Onerr Sniper 20  Transmissor sem Fio - Vokal VWR 15 G 05

                Suporte para Guitarra e Contrabaixo - Saty 4020 Piano Digital Casio CDP 120 - Preto

                        Magazine Damotta

BREVE HISTÓRIA DE BAIXA GRANDE

CLIQUE NO TÍTULO OU NA IMAGEM

Micareta de Baixa Grande-2015

Bloco- As Poderosas

O urso na Micareta de Baixa Grande

Baile à Fantasias-Micareta-2015

Bahia Campeão Baiano 2015

Santos Campeão Paulista 2015

PREPARE-SE !

Arquivo do blog

VISITE DAMOTTA NEWS

O prefeito Pedro Lima Neto, na tribuna da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (19/02).

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...