MICARETA 2018

Baixa Grande, Orgulho Nosso

Seguir Roque da Mota

OBRIGADO!,VOCÊ É O VISITANTE Nº

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Educadores em Piritiba detonam jornada pedagógica e pedem respeito aos direitos da categoria






foto1
Sindicalistas pedem ajuda ao Ministério Público para a situação em Piritiba | FOTO: Divulgação |
Os sindicalistas do município de Piritiba, na Chapada Diamantina, criticaram a jornada pedagógica realizada pela atual gestão, comandada pelo prefeito Ivan Cedraz (PSB). De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsemp), Cleide Lima, “o professor é o profissional que tem a capacidade de conduzir o indivíduo das trevas para a luz”, mas que a gestão não valoriza o professor e acusa o gestor socialista de perseguição. “Tenho que enfatizar a perseguição e ameaças que o prefeito faz à presidente do sindicato e à diretoria”, informa Lima ao Jornal da Chapada. Segundo a presidente do sindicato, o piso salarial do magistério público da educação básica será atualizado, anualmente, no mês de janeiro, a partir de cada ano.
“Como sempre, o gestor costumeiro em manobrar a legislação não cumpriu nem explicou ao Sindsemp o motivo de não seguir a determinação de aumento do piso salarial. Em meio às mazelas do prefeito, ele tenta desviar o foco com os canteiros de obras, embora inacabados, sabemos que o município tem sido contemplado com muitas obras do governo federal, que irão transformar-se em elefante branco, prática recorrente da atual gestão. Enquanto isto, ele [o prefeito] segue com as perseguições, ameaças e cortes dos direitos das dirigentes sindicais”, descreve Cleide Lima.
foto2
A direção do Sindicato dos Servidores Municipais acusa a gestão de Piritiba de perseguição | FOTO: Divulgação |
Ainda segundo a direção do sindicato, o piso salarial é lei e o município é obrigado a pagar piso salarial nacional aos profissionais do magistério da rede municipal de ensino. Conforme a Lei Nº 11.738, de 16 de Julho de 2008, o piso salarial profissional nacional é o valor abaixo do qual a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão fixar o vencimento inicial das Carreiras do magistério público da educação básica, para a jornada de no máximo 40 horas semanais. Vale ressaltar que o professor que tem 20 horas semanais na sua carreira inicial deverá receber como base 50% do valor do piso.
Reações:

0 comentários:

OUÇA NOSSA RÁDIO !

MAGAZINE DAMOTTA



                                                 Magazine Damotta,sua compra segura na internet

Clique  na imagem para visita
 a nossa loja e pesquisar o que deseja


                Guitarra Strato Seizi Vision - Roxo MetálicoContrabaixo 4 Cordas Passivo Strinberg CAB 16 - Vinho


         Encordoamento de Bronze 0.09 para Violão - D´Addario EZ 890 - 85/15 Conjunto de 4 Cordas para Contrabaixo - GHS 5L CC

            Combo Amplificador para Contrabaixo com 20W RMS - Onerr Sniper 20  Transmissor sem Fio - Vokal VWR 15 G 05

                Suporte para Guitarra e Contrabaixo - Saty 4020 Piano Digital Casio CDP 120 - Preto

                        Magazine Damotta

BREVE HISTÓRIA DE BAIXA GRANDE

CLIQUE NO TÍTULO OU NA IMAGEM

Micareta de Baixa Grande-2015

Bloco- As Poderosas

O urso na Micareta de Baixa Grande

Baile à Fantasias-Micareta-2015

Bahia Campeão Baiano 2015

Santos Campeão Paulista 2015

PREPARE-SE !

Arquivo do blog

VISITE DAMOTTA NEWS

O prefeito Pedro Lima Neto, na tribuna da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (19/02).

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...