Baixa Grande, Orgulho Nosso

Seguir Roque da Mota

OBRIGADO!,VOCÊ É O VISITANTE Nº

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Riachão do Jacuípe - Mãe de menino acusa pai de utilizar homens armados para levar o filho

 




Pai nega usar violência e diz que conseguiu guarda da criança na Justiça.
Mãe também alega ter guarda. Caso pode parar no Superior Tribunal.


Um menino de 5 anos está no meio de uma batalha judicial. A mãe acusa o pai de ter tirado o filho de casa à força e usando homens armados. O pai nega. E os dois alegam que conseguiram a guarda da mesma criança na Justiça.

Há três semanas Patrícia tenta falar com o filho e não consegue.

Patrícia: Por que não posso falar com ele agora?
José Naécio: Porque ele está na escola.

Patrícia Carvalho é mãe de um menino de 5 anos e mora em Riachão do Jacuípe, no interior da Bahia. O pai, José Naécio Matos, mora em São Paulo. Os dois disputam na Justiça o direito de ficar com a criança.

Em uma das varas de família em Salvador, Patrícia conseguiu convencer a Justiça a manter o filho com ela. Na Justiça de São Paulo, o pai também conseguiu a guarda provisória. No mês passado, a criança sumiu dos olhos da mãe.

Era véspera de Natal e o menino brincava no jardim da casa dos avós quando três homens entraram. Segundo a família, estavam armados e ameaçaram os dois tios que tentaram impedir a retirada da criança à força.

O pai foi visto do lado de fora e levou o filho com ele para São Paulo. Patrícia estava dentro de casa e, quando soube, o filho já estava longe. “Eu fiquei desesperada na hora. Eu não acreditava que isso tinha acontecido”, lembra ela.

A polícia foi atrás, mas não alcançou ninguém. O delegado ouviu as pessoas que estavam na casa e os vizinhos que viram o momento em que o menino foi levado.

"Confirmaram toda essa ação violenta de invasão de domicílio por essas pessoas armadas, inclusive na hora em que saíram com a criança à força um deles, o mais retardatário, foi visto com a arma na mão", afirma o delegado Carlos Baqueiro.

O Bom Dia Brasil conversou por telefone com José Naécio. Ele confirmou que esteve mesmo em Riachão para levar o filho, mas negou a violência para retirá-lo de casa.

Repórter: Você tem como provar que esses homens armados não foram retirar a criança e te entregaram?
José Naécio: Eu te pergunto: como é que eu provo se eu estou dizendo que não tinha.
Repórter: A polícia confirmou isso.
José Naécio: A polícia não observou as contradições deles.

Segundo o professor Salomão Viana, da Universidade Federal da Bahia, especialista em processos, há um conflito de competência na questão. Quer dizer: duas guardas concedidas para a mesma criança. E, nesse caso, só o Superior Tribunal de Justiça pode resolver. "É importante deixar registrado que o STJ não julga a causa em si. Ele apenas dirá qual dos juízes de direito deverá julgar a causa", analisa.
Fonte: www.globo.com


Reações:

0 comentários:

OUÇA NOSSA RÁDIO !

MAGAZINE DAMOTTA



                                                 Magazine Damotta,sua compra segura na internet

Clique  na imagem para visita
 a nossa loja e pesquisar o que deseja


                Guitarra Strato Seizi Vision - Roxo MetálicoContrabaixo 4 Cordas Passivo Strinberg CAB 16 - Vinho


         Encordoamento de Bronze 0.09 para Violão - D´Addario EZ 890 - 85/15 Conjunto de 4 Cordas para Contrabaixo - GHS 5L CC

            Combo Amplificador para Contrabaixo com 20W RMS - Onerr Sniper 20  Transmissor sem Fio - Vokal VWR 15 G 05

                Suporte para Guitarra e Contrabaixo - Saty 4020 Piano Digital Casio CDP 120 - Preto

                        Magazine Damotta

BREVE HISTÓRIA DE BAIXA GRANDE

CLIQUE NO TÍTULO OU NA IMAGEM

Micareta de Baixa Grande-2015

PSIRICO na Micareta 2015 de Baixa Grande

Abertura do show de Psirico com Marcio Vitor em Baixa Grande

Posted by Prefeitura de Baixa Grande on Sábado, 18 de julho de 2015

Bloco- As Poderosas

O urso na Micareta de Baixa Grande

Baile à Fantasias-Micareta-2015

Bahia Campeão Baiano 2015

Santos Campeão Paulista 2015

Dr.Thiego de Oliveira Matos, Promotor Público, na Audiência Pública sobre Resíduos Sólidos

Trecho do pronunciamento do Dr.Thiego de Oliveira Matos, Promotor Público, na Audiência Pública sobre Resíduos Sólidos em Baixa Grande.

Posted by Prefeitura de Baixa Grande on Quarta, 15 de abril de 2015

PREPARE-SE !

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Arquivo do blog

VISITE DAMOTTA NEWS

O prefeito Pedro Lima Neto, na tribuna da Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (19/02).

 

Zero Hora

Últimas notícias

Carregando...